www.mju.gov.si

Indústria

Administração Pública

Tamanho

  • • País: Eslovênia
  • • Empregados: 300
  • • Usuários finais: 2,000,000 cidadãos

Produto

Nuvem Privada

Alta Confiabilidade, Alta Segurança

O Ministério da Administração Pública da Eslovênia (MJU) oferece um serviço de help desk a mais de 2 milhões de cidadãos, servidores públicos e empregados. A fim de aumentar a eficiência de seu serviço de usuário e promover processos de administração eletrônica, o Ministério implementou o e-Governo - um Portal Estadual da República da Eslovênia (e-Uprava), um ponto de encontro de toda informação a respeito de administração púbica e o setor privado.

Um serviço de suporte a desktop remoto confiável é indispensável para garantir o acesso e suporte de engenheiros de TI, manter o portal e-Uprava funcionando e solucionar problemas técnicos a tempo. Se tratando de uma autoridade governamental, a máxima segurança, além da confiabilidade, é de extrema importância.

O Ministério requer que o software de desktop remoto seja instalado em seus servidores internos para que todos os dados sempre permaneçam em casa.

"Devido à multi-utilidade do ISL Online registramos 50 conexões simultâneas durante as horas de pico, com o software podendo chegar a 500 sessões de suporte simultâneas. Deste ponto de vista é essencial que o software suporte diretórios centrais, por exemplo o RADIUS, como fonte de autenticação externa," explicou Gregor Škerlep, antigo conselheiro do Ministério da Administração Pública.

Por que ISL Online

A Licença de Servidor Corporativo ISL Online provou ser a solução perfeita para o MJU já que foi desenvolvida para corporações com necessidades em larga escala de suporte a cliente via internet.

Ele oferece ao MJU direitos exclusivos de utilização dos serviços ISL Online sem limites no número de conexões ativas.

"A equipe técnica da ISL Online instalou uma Licença de Servidor Corporativo em cada um de nossos dois servidores internos e criou uma Nuvem Privada, um sistema que oferece quase 100% de confiabilidade nos serviços," explicou Škerlep.

Durante as horas de pico, os operadores de helpdesk estabelecem uma média de 50 sessões ativas. A arquitetura da Nuvem Privada distribui sessões a dois servidores de acordo com a disponibilidade (equilíbrio de carga). Ela ainda garante a confiabilidade dos serviços já que o sistema não tolera falhas.

Mesmo em caso de falha no hardware ou erros afetando um servidor, todas as sessões, mesmo as ativas, podem ser transferidas a outro servidor. Todos os dados (lista de sessões, usuários, etc.) são duplicados, o sistema ainda tem uma solução de back-up para uma possível recuperação de dados. O servidor pode também estar geograficamente distribuído para sobreviver a desastres naturais. Por exemplo, um servidor pode estar localizado em uma cidade e outro servidor em outra cidade ou até mesmo em outro país.

    Queda de 50% dos Custos

    O Ministério estima que sem a utilização do suporte remoto ISL Online e suas ferramentas de colaboração, os gastos de TI seriam 50% maiores.

    "Desde que começamos a utilizar o ISL Light, reduzimos o custo dos cartões Secure ID (RSA) para diferentes engenheiros de TI externos que precisam acessar e dar suporte a sistemas de TI. Com a ajuda do ISL Light nós possibilitamos o acesso de todos eles aos sistemas internos através de apenas uma chave RSA", disse Škerlep.

    O baixo custo e o tempo ganho não foram o único benefício. Fazendo com que a equipe externa utilizasse o ISL Online, o MJU pôde controlar melhor seu trabalho. O Ministério agora pôde ver o tempo exato gasto em cada tarefa e revisar seu trabalho, já que as sessões podem ser gravadas.

    "Solucionamos quase 100% de todos os problemas técnicos através do ISL Light, que tem aproximadamente 36.000 sessões por ano. A frequência de seu uso está aumentando enquanto resolvemos mais e mais problemas dessa maneira," disse Škerlep.

    "O ISL Online permite o suporte e acesso a desktops remotos a partir de aparelhos Apple, portanto nossos administradores de sistemas internos e oficiais seniors (Diretor Geral, Secretaria Geral) podem administrar servidores ou acessar seus próprios computadores de qualquer lugar utilizando iPads ou iPhones."